A Geografia Cultural é tida como um ramo das ciências geográficas preocupado com a distribuição espacial das manifestações culturais, como: religiões, crenças, rituais, artes, formas de trabalho; enfim, tudo que é resultado de uma criação ou transformação do homem sobre a natureza ou das suas relações com o espaço, seja no planeta, em um continente, país, etc. A exemplos dos estudos sobre: "espaço e religião; espaço e cultura popular; espaço e simbolismo; paisagem e cultura; percepção ambiental e cultural; espaço e simbolismo..."(CORRÊA, 1995, p. 03-11).
Eles também são divididos em tipos: estacionário e portátil. Seus sprinklers também podem ser diferentes: simples e móveis. Os primeiros irrigam o solo ao redor de forma irregular, o que é completamente excluído se o sprinkler for capaz de mudar sua posição. Com uma boa pressão no sistema, um tipo de sprinkler pulsante é perfeito, permitindo que a água penetre no solo mais lentamente. Tipo mais caro - retrátil. Não interfere com a roçada do relvado, uma vez que compacta-se na relva. Para a irrigação, o aspersor é criado e opera com o mesmo princípio que as outras espécies. Em qualquer caso, a aspersão não é tão cara quanto a irrigação por gotejamento.

Regar a grama do jardim não tem muito segredo, mas você precisa tomar alguns cuidados para garantir que o processo seja feito de forma adequado e uma das coisas que você deve evitar é regar a grama durante o dia quando o sol estiver muito quente, já que neste caso a combinação de calor e água poderá cozinhar as folhas. O ideal é regar de manhã bem cedo ou a noite quando já estiver bem mais fresco. Esta última opção é inclusive mais recomendável, pois a água não sofrerá a incidência do calor a noite e poderá ficar por mais tempo no solo.
O inicial conceito de paisagem foi produzido e direcionado para a sistematização da ciência geográfica por Humbold, no século XIX, onde, segundo o seu pensamento os elementos naturais estariam todos interligados e por intermédio da paisagem era possível a verificabilidade do conjunto, ademais, ele ressaltava o caráter estético desta. Apesar disso, tal conceito caiu em desuso das discussões geográficas posteriores.[6]

Cada indivíduo tem a sua concepção a respeito da paisagem e, sendo o indivíduo parte de uma sociedade que tem sua cultura distinta, cada cultura tem, então, o seu ideal de paisagem. E essa paisagem vai também refletir esse ideal, que juntamente com outros fatores vão influenciar na percepção da paisagem. Assim, qualquer estudo dessa natureza que não inclua a questão cultural em sua análise poderá resultar incompleto, sem um componente indispensável: o homem e a sua ação no espaço.
A cultura pode ser vista, também, como o conjunto de manifestações humanas que contrastam com a natureza ou comportamento natural, a soma total dos modos de vida construídos por um grupo de seres humanos e transmitidos de uma geração para outra, ser considerada uma propriedade ou atributo inerente aos seres humanos, ou ainda ser meramente um artifício intelectual para generalizar convenientemente a respeito de atitudes e comportamentos humanos (WAGNER e MIKESELL, 2003).

Como dito anteriormente, é impossível falar na Geografia Cultural sem citar Sauer ou a "Escola de Berkeley", que denomina a corrente do pensamento geográfico fundamentada a partir de sua obra. A Geografia Cultural surgiu no início do século, na Alemanha: era a "Kulturlandschaft". Na Geografia Cultural alemã, as paisagens correspondiam a um conhecimento específico, que servia para diferenciá-la das outras ciências.

Assim, ao longo da história, as diferentes abordagens sobre paisagem tentam não somente descrevê-la enquanto conceito geográfico. A paisagem é diferenciada e compartimentada entre paisagem natural, que reflete a interação dos elementos naturais (relevo, vegetação, solo, rios, etc.) e paisagem cultural, como o resultado da ação do homem e da sociedade sobre a natureza, da qual resulta os espaços urbanos e rurais. Mas, também, a paisagem como objeto que pode ser sentida pelo homem, trazendo-lhe inúmeras sensações e sentimentos.


conselho do relacionamento livre conselho do amor sinais encontrar sua alma gêmea amar a si mesmo como começar colunas de conselhos relacionamento como aprender a amar a si mesmo: Como posso aprender a amar a mim mesmo dicas de beleza datando pontas óleo de eucalipto datando o conselho utilize óleo de eucalipto para aprender a amar a mim mesmo conselho do relacionamento para mulheres a forma de encontrar a sua alma gêmea bom conselho do relacionamento amor e relacionamentos conselho do relacionamento óleo essencial de eucalipto namoro dicas Artesanato óleo essencial de eucalipto utiliza máscaras faciais óleo de eucalipto benefícios como você pode aprender a amar a si mesmo conselhos sobre relacionamentos benefícios do óleo de eucalipto facial quando você encontrar a sua alma gêmea como encontrar Mr. Right
Na busca por um maior conforto, progresso ou simples vantagem econômica, o ser humano acaba por realocar os recursos naturais, mudando as configurações do ambiente em que vive. Isso se dá através de atividades como o corte de árvores, o tratamento do solo, criação de animais domésticos, a construção de edifícios, estradas asfaltadas, perfuração de montanhas para a abertura de minas ou túneis, ou ainda o lançamento de resíduos orgânicos e industriais no ar, rios e mares. Com essas e outras modificações, temos a paisagem geográfica que nos rodeia, misto de elementos naturais e processados.
×